13 comments on “Midea decide usar o R-452b para substituir o R-410a”

Midea decide usar o R-452b para substituir o R-410a

A empresa chinesa Midea, que recentemente se uniu à Springer, parece estar apostando todas as suas fichas para criar uma “climatização mais sustentável”. Dessa vez, a Midea está substituindo o gás R-410a pelo Opteon XL55 (R-452b), uma alternativa com um Potencial de Aquecimento Global (GWP) 65% menor. Essa alternativa começará a ser utilizada em condicionadores de ar vendidos no mercado norte-americano.

O novo gás refrigerante, que é distribuído pela Chemours, possui um GWP de 676 e é feito à base de hidrofluorlefina, uma alternativa menos agressiva do que o hidrofluorcarbono do R-410a.

Anúncios
1 comment on “Você já ouviu falar em Climatização Adiabática?”

Você já ouviu falar em Climatização Adiabática?

Antes de Willis Carrier criar o que seria o ar-condicionado que conhecemos hoje, não é difícil imaginar que haviam outras formas para resfriar o ambiente – ou, pelo menos, mantê-lo um pouco menos quente. Um desses antigos métodos é a Climatização Adiabática.

Funcionamento

A Climatização Adiabática consiste na captação, filtragem e resfriamento do ar exterior antes de enviá-lo para o ambiente climatizado, através de um sistema conhecido como resfriamento adiabático evaporativo. 

1 comment on “Conheça o Ar-Condicionado que Dispensa o Uso de Eletricidade”

Conheça o Ar-Condicionado que Dispensa o Uso de Eletricidade

Ar-condicionado natural
(Imagem: The Uniplanet/editado)

O aparelho de ar condicionado já é considerado peça fundamental do nosso cotidiano. Quando estamos em casa, ele proporciona noites agradáveis de sono, livre dos mosquitos e do calor. Afinal, uma noite de sono mal dormida pode trazer um mal-humor e uma indisposição que podem durar o dia inteiro.

Mas sabemos que usufruir desse aparelho não tem um baixo custo. Por isso, o ideal seria possuí-lo sem gastar tanto, não é mesmo? Pois foi exatamente isso o que o pessoal de Bangladesh pensou para desenvolver o ar-condicionado que não necessita de energia elétrica.

Parece até ficção, mas ele é real e simples de se fazer. Pode ser feito com garrafas PET e um pouco de papelão, e pode reduzir em até 10º C a temperatura do ambiente.

Mas, antes de entender como funciona o “ar-condicionado natural”, é necessário entender o funcionamento de um ar-condicionado comum.