Muitos usuários desavisados, ao comprar um aparelho de ar-condicionado pela primeira vez, acabam esquecendo de levar em consideração um dos fatores mais importantes para a otimização do aparelho: a potência.

Em um primeiro momento, você possa achar que quanto maior a quantidade de BTUs, mais rápido o aparelho irá gelar o ambiente, mas saiba que não é bem assim que funciona.

Para escolher a potência correta para o seu cômodo, é necessário considerar o pé-direito.

Mas o que é o pé-direito?

Pé-direito é uma expressão utilizada por engenheiros e arquitetos, na construção civil em geral, para definir a distância entre o solo e o teto. Simplificando, é a altura do cômodo.

O pé-direito é tão necessário para definir o aparelho ideal quanto as características do ambiente, quantidade de pessoas que utilizará o local, incidência do sol, quantidade de aparelho elétricos, e assim por diante.

A escolha correta de todos os itens estenderá a vida útil do seu equipamento. Se o cálculo estiver errado, o seu aparelho estará trabalhando acima da capacidade ou sendo utilizado abaixo de sua capacidade.

Identificando a Carga Térmica

Para que você consiga escolher corretamente a quantidade de BTUs necessária para que o seu cômodo atinja a temperatura ideal, é importante entender que a volumetria do ambiente sempre deve ser levada em consideração, tanto que o cálculo de BTUs que alguns sites disponibilizam estão otimizados para construções de alvenaria, com poucas aberturas e pé-direito de 3 metros.

Por padronização, é utilizado o cálculo de 600 BTU por metro quadrado do cômodo, lembrando que o pé-direito é de 3 metros.

Em alguns casos, onde há mais aparelhos eletrônicos e grande movimentação de pessoas, esse cálculo pode variar.

Projeto de residência com Pé-Direito de vidro.

Calculando o Dimensionamento Térmico

Quando o pé-direito ultrapassar os 3 metros padrão, como em igrejas, estabelecimentos comerciais e outras edificações que necessitem de uma altura fora do padrão, o cálculo efetuado é bem simples.

No cálculo de 600 BTU / 3 metros de altura devemos, obviamente, adicionar 200 BTU por metro adicional na multiplicação pela área do ambiente em metros quadrados.

Vamos dar um exemplo: imagine uma sala de 20m², com 4m de pé-direito, ou seja, com 1m excedente. Nesse caso, devemos calcular 200 BTUs x 20 m², obtendo o resultado de 4.000 BTUs. Então, precisamos de 4.000 BTUs adicionais.

É importante ressaltar que os especialistas recomendam que, mesmo possuindo diversas outras formas de cálculo diferentes, devemos nos ater no cálculo acima, pois “não podemos aconselhar o que quer que seja sem que haja um mínimo de comprovação científica”.

E Qual é o Aparelho Ideal para Seu Cômodo?

Temos diversos modelos no mercado e diversas funcionalidades, mas o mais recomendado pelos especialistas é o modelo split piso-teto para pés-direitos acima da altura padrão.

Isso, porque esses modelos distribuem de maneira mais eficiente a capacidade de volume de ar insuflado versus volume de ar trocado no ambiente.

Agora que você já tem as nossas dicas, utilize-as para calcular corretamente o pé-direito de seu cômodo.

Fonte

© 2019 Climatização Lumertz. Todos os Direitos Reservados.

Anúncios

Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s