Os caminhões com baú refrigerado são muito semelhantes a um aparelho de ar condicionado do tipo split, pois a evaporadora fica no ambiente interno (refrigerado) e a condensadora do lado de fora, retirando o ar insuflado para o ambiente externo.

O que difere um pouco do ar-condicionado residencial é que no caminhão, o compressor deve estar sempre ligado. Para que isso ocorra, são necessárias técnicas para que o motor trabalhe sem danificar. Essas técnicas podem ser o Direct Drive, o Sistema Eutético e o Motor Diesel Independente.

Veremos, agora, cada um dos exemplos acima.

Direct Drive

Nesse sistema, o motor utilizado é o do caminhão, ou seja, não há um motor específico para uso da câmara refrigerada.

Se o Direct Drive for do tipo com alternador, o motor do caminhão irá movimentar, através de uma correia, um alternador que gera energia para enviar ao compressor.

Agora, se o Direct Drive for com correia, o compressor será movimentado mecanicamente pelo motor, ou seja, sem necessidade alguma de energia.

caminhao-camara-fria

Sistema Eutético

Esse sistema é ideal para transporte de alimentos congelados, já que pode atingir até -25ºC, embora muitos utilizem também para transporte de alimentos resfriados – entre 0ºC e 5ºC.

Quando o caminhão está estacionado, o motor bombeia o freon, que é um fluído à base de CFC. Isso faz com que o fluído que fica nas placas eutéticas congele, graças à uma fonte de energia trifásica.

 

Quando o motor do caminhão é acionado e o veículo arranca, ocorre uma troca de calor entre as placas eutéticas e os alimentos, fazendo com que a temperatura da câmara, que pode chegar a -40ºC, fique em torno dos -25ºC.

A quantidade de vezes que a porta é aberta e a qualidade do isolamento também são fatores determinantes para alteração dessas temperaturas.

Motor Diesel Independente

Assim como o próprio nome diz, esse sistema proporciona um motor exclusivo para refrigeração alimentado à base de diesel (vermelho ou branco).

Esse motor é menor que os anteriores e fica dentro da condensadora. Alguns modelos utilizam catalisadores para reduzir a emissão de poluentes no meio ambiente.

Ao usar esse sistema, desde que você mantenha o tanque do motor abastecido, não é preciso se preocupar com calor, já que o mesmo pode operar sem problemas até quando o caminhão estiver danificado.

Precauções por conta do motorista

Além de manter a manutenção do equipamento de refrigeração em dia, também é necessário que o motorista viaje em uma cabine separada da câmara. Além disso, no interior da câmara, o piso deve estar vedado, as paredes lisas e os estrados onde os alimentos se encontram devem ser impermeáveis.

Se você estiver levando animais de abate, como bois, porcos e galinhas, é obrigatório viajar com essas peças penduradas em ganchos, de modo que não toquem no piso.


Esperamos que tenha gostado das dicas de hoje! Bom feriado a todos!

Licença Creative Commons
Câmaras Frigoríficas em Caminhões de Rafael Lumertz está licenciado por Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://webarcondicionado.com.br/conheca-como-funcionam-as-camaras-frigorificas-em-caminhoes.

Anúncios

3 comentários

Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s