Você já deve ter ouvido alguém falar que a tubulação de cobre é melhor do que a de alumínio, não é mesmo? Mas você sabe o por quê? Descobriremos, nesse post, o motivo de tantos instaladores preferirem o cobre.

banner3

Valores

dindinEm questões financeiras, o cobre é mais caro por ser um mineral mais difícil de se encontrar na natureza. Mas esse valor adicional é bastante relativo, pois a longo prazo, os valores invertem. Com o tempo, a tubulação de alumínio tende a apresentar mais problemas e, por não ser possível substituir apenas as partes defeituosas, é necessária uma nova instalação de toda a tubulação, tornando-o mais caro que o cobre.

Em uma pesquisa realizada pelo blog Climatização Lumertz, constatamos que enquanto o preço do metro do cobre pode chegar a R$ 42, o metro do alumínio pode custar R$ 13. Ou seja, uma variação de aproximadamente 1/3 do valor.

Composição

O cobre é até 3 vezes mais espesso que o alumínio e, além disso, pode suportar temperaturas muito maiores. Se compararmos o ponto de fusão, que é a temperatura necessária para transformar o material do estado sólido para líquido, percebemos a diferença. Enquanto o ponto de fusão do cobre é de 1085º C, o do alumínio é de 660º C. Isso indica que há muito menos probabilidade de derreter uma tubulação de cobre do que uma de alumínio.

Alumínio

tubos-aluminioIdeal para quem quer economizar. Possui ponto de fusão menor, à temperatura de 660º C. Pode ocorrer, também, a corrosão galvânica, que é o desgaste nas conexões ou emendas, fazendo assim com que a vida útil diminua, podendo ocorrer vazamentos logo no início, a partir dos 2 anos de uso. É um material mais maleável, ou seja, mais fácil de amassar ou furar. Se isso ocorrer, é necessária a troca de toda a tubulação, uma vez que esta não pode ser consertada. A condutividade térmica do alumínio é de 237K contra 401K do cobre. Isso faz com que o sistema de ar condicionado seja menos eficiente quando usado tubos de alumínio.

Cobre

tubos-cobreIdeal para quem quer qualidade. Diferentemente do alumínio, o ponto de fusão é de 1085º C, o que torna o cobre muito mais resistente à temperaturas extremas. Não existe risco de degradação do material, ou seja, nada de riscos de corrosão ou vazamentos. Possui mais rigidez, tornando-o mais resistente a amassados ou perfurações. A condutividade térmica é superior praticamente ao dobro do alumínio, fazendo com que o ar-condicionado trabalhe com eficiência, resfriando ou esquentando o ambiente muito mais facilmente. Possui um custo 3 vezes maior que o do alumínio, mas acredite, vale a pena.

Prefira o cobre!

Como você pode perceber, existem opções para quem quer economia e para quem quer qualidade. Nós recomendamos para você a tubulação de cobre, que pode ter um custo mais elevado mas que, com certeza, evitará dores de cabeça futuras. Além disso, se você tiver que fazer a manutenção da tubulação de alumínio, vai acabar pagando mais caro que o cobre, que pode ser instalado e usado sem problemas. Obviamente, em ambos os casos, é necessária a limpeza e a manutenção regular para evitar danos.

© 2015. Climatização Lumertz.

Anúncios

4 comentários

  1. concerteza lumertz está correta o cobre sempre deve ser preferencia aluminio é um serviço de baixa qualidade qualquer movimento iregular causa danos ao material o mesmo entre 2 e 4 anos de uso começa a apresentar micro furos a condusão térmica e ineficaz , tubulaçoes de alumnio soam mais que o cobre , aluminio é dor de cabeça vai instalar ar condicionado fuja do mico rsrsr use cobre parabéns equipe otimo blog galera de porto alegre

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s